Polícia Civil desarticula complexa rota internacional de veículos roubados em Bagé

No final da tarde dessa terça-feira (30), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Bagé, em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal, apreenderam um veículo roubado que estava em um condomínio, no centro da cidade. A ação foi realizada após troca de informações com a Polícia do Uruguai, resultando na prisão de um homem uruguaio, o qual já havia sido capturado anteriormente no dia 27 de julho, junto de outros 3 indivíduos em Las Piedras. Com eles, foram localizados três carros brasileiros, um deles em ocorrência de roubo.
Conforme o delegado Cristiano Ritta, essa troca de informações permitiu identificar uma complexa rota internacional de carros roubados no Brasil, que são enviados para a região metropolitana de Montevidéu, capital Uruguaia. “O indivíduo preso na semana passada atua no ramo desde 2017, quando foi cumprido um mandado de busca e apreensão em sua residência, em investigação realizada pela Delegacia de Roubo de Veículos do Deic, durante a Operação Macchina Nostra. Os criminosos receptam carros brasileiros, roubados na região de Porto Alegre, promovem a adulteração das placas, inclusive as novas placas do padrão Mercosul, elaboram documentos falsificados e enviam os carros para o Uruguai. Lá os veículos são vendidos para outros receptadores e utilizados em ações criminosas”, relatou o delegado.”Durante as diligências em Bagé, os policiais ainda encontraram, na residência do preso, uma estufa preparada para o cultivo de maconha. No local havia, no mínimo, dez pés de maconha já cultivados, e uma completo aparato de iluminação e aquecimento para o cultivo da droga. A polícia também encontrou uma balança de precisão – indicativo do tráfico de entorpecentes. Destaca-se que esse é o segundo grupo internacional especializado em roubos de veículo desarticulado pela Polícia esse ano. A integração com a Polícia Uruguaia tem permitido que diversos indivíduos sejam presos assim como a apreensão de dezenas de carros clonados.”, concluiu Ritta.
Postado por Matias Moura – contatomatiasmoura@hotmail.com

Grupo Aplateia