Brigada Militar prende abigeatário na região da Coxilha Negra

Em uma operação que durou 72 horas policiais da Patrulha Rural da Brigada Militar efetuaram a prisão em flagrante de um indivíduo acusado de praticar abigeato na região da Coxilha Negra. Segundo Comandante do 2º RPmon Coronel Otero a operação foi desencadeada após a denúncia de três pecuaristas que tiveram gado furtado de suas propriedades.

“A Operação Avante rural foi lançada na tarde de terça-feira em toda a nossa região com um acréscimo de mais 10 policias especializados em atuação no campo.

Mas há 2 dias antes do lançamento , nós já estávamos com as nossas equipes no campo na região da Coxilha Negra visto que três fazendeiros foram visitados por abigeatários. De um deles foram furtados 50 animais, outro 30 reses e um terceiro que teve 30 borregos furtados por criminosos.

Assim que nós recebemos essa informação as nossas equipes se deslocaram para lá , e depois de um trabalho incansável de mais de 72 horas conseguimos localizar parte dos animais furtados que estavam de posse desse cidadão que chegou acompanhado da Patrulha Rural e que foi apresentado na DPPA.

Nós encontramos em um campo, 3 bovinos de uma fazenda e 6 de outra. Gostaria de parabenizar os nossos policias e também a cooperação da Policia de Rivera que é fundamental. Porque nós identificamos que esses criminosos trabalham em com conjunto com quadrilhas uruguaias e alguns quadrilheiros brasileiros que estão unidos para cometer esse delito.

Conseguimos lograr êxito graças ao trabalho em conjunto com o BEPRA/ da Policia de Rivera. A Brigada Militar seguirá autuando de forma incansável buscando sempre proporcionar segurança para a comunidade, seja na cidade ou no campo”.

O abigeatário preso em flagrante foi encaminhado a Delegacia da Policia Civil para registro de ocorrência e para prestar depoimento .

Texto e fotos : Matias Moura

Grupo Aplateia