Lotação – veículos da Prefeitura estão entre os 2 mil recolhidos em depósito do Detran

Um Renault/Logan da Secretária de Saúde e uma Camionete D20/vermelha que pertencem a Câmara, mas estavam cedidos à Prefeitura quando foram apreendidos

No início desta semana, a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana divulgou um comunicado à comunidade que, em virtude do pátio do CRD Garcia, conveniado ao DETRAN – RS, estar completamente lotado, os veículos que forem aprendidos ou recolhidos durante este período poderão ser enviados para os CRDs de outros municípios da região, como é o caso de Rosário do Sul e Dom Pedrito.
O comunicado também trouxe um alerta aos proprietários sobre os custos com a remoção de 100 km (distância até o município mais próximo) que, conforme tarifas do DETRAN, são de aproximadamente R$1.300,00, mais diárias. Além do que a retirada do veículo do depósito se dará somente com a presença do proprietário ou procurador.
A Secretaria de Trânsito informou ainda que, também, já solicitou junto ao DETRAN-RS providências para que o serviço seja normalizado no município.
A reportagem do Jornal A Plateia esteve visitando o local, nesta semana, e pode conferir um mar de veículos estacionados tanto no lado de fora, quanto dentro dos galpões da empresa que presta serviço ao DETRAN- RS. Atualmente, no registro da empresa estão mais de 2 mil veículos, entre carros, motocicletas, máquinas agrícolas e caminhões.
São veículos recolhidos em acidentes, recuperação de furto e apreensões em blitz, com documentação atrasada ou problemas na documentação. A grande maioria dos veículos que está no depósito são motocicletas, praticamente dois galpões cheios que somam, aproximadamente, 1.500 motos entre nacionais e estrangeiras.
A última limpeza geral realizada pelo DETRAN-RS no local foi no ano de 2014 quando o depósito ficou praticamente limpo. Nos anos anteriores, somente a realização de leilões contendo alguns veículos. Segundo informações adquiridas com exclusividade pelo Jornal A Plateia em um ano, o fluxo dos veículos que entram no depósito do CRD, em Livramento, é de aproximadamente 1.500, sendo que durante os leilões são ofertados apenas 500 desses veículos, demostrando assim o porquê do depósito estar quase sempre com grande lotação.

Veículos da Prefeitura estão entre os carros aprendidos

Durante a visita ao CRD Garcia, a Reportagem acabou encontrando dois veículos oficiais da prefeitura, recolhidos. Um deles é o Renault/Logan/Prata, placas IRU-0068 com adesivos da Secretaria Municipal de Saúde que consultado no site do DETRAN- RS acusou como “Veículo não consta em Remoção ou Depósito”.
Já a camionete Ford/D20 placas ICO – 9648 deu entrada no depósito no dia 17 de dezembro de 2012 e totaliza, até agora, uma despesa no valor de R$5.041.58. O valor para a remoção do veículo é de R$162,98.
A Assessoria de Comunicação da Prefeitura informou à Redação que os veículos eram da Secretaria de Saúde que, por sua vez, informou que a caminhonete D20 era da Câmara de Vereadores e “foi recolhida para perícia em 2012”. De acordo com as informações levantadas pelo Jornal A Plateia, o veículo, apesar de ser da Câmara, quando foi apreendido estava sob responsabilidade do Conselho Tutelar mas nunca foi transferido para o nome da Prefeitura.
Segundo a Secretaria, o Renault Logan foi recolhido pela Polícia Rodoviária Federal por multa vencida, porém, segundo a pasta já está em situação regular, apesar do veículo ainda estar no depósito..não está retido. A Secretaria destacou ainda que foi aberta uma sindicância para apurar eventuais irregularidades.

Grupo Aplateia