Associação de Apicultores receberá verba da Câmara para conclusão do projeto do entreposto do mel

Em reunião realizada na manhã de quinta-feira (4), no Escritório regional da EMATER, produtores, presidente da Câmara e Prefeito firmaram parceria que beneficiará o setor

Na manhã de quinta-feira (4), apicultores e representantes do setor estiveram reunidos no escritório regional da EMATER para oficializar uma parceria entre Associação Santanense de Apicultores, Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal que irá possibilitar a doação de valores para a construção de um entreposto do mel no município.
A reunião contou com a presença do prefeito Ico Charopen, do secretário de Agricultura, Milton Villagran e do presidente da Câmara, vereador Maurício Galo Del Fabro. No encontro, o grupo voltou a frisar sobre a necessidade de apoio financeiro para que possa ser finalizada a estruturação do entreposto do mel, que viabilizará aos produtores a exportação do produto. A partir do encontro, ficou definido o repasse de R$ 35 mil. Atualmente, a Associação conta com 156 apicultores, sendo Sant’Ana do Livramento o segundo maior município produtor de mel.
O presidente da Associação de Apicultores, Cipriano Cezar, destaca a importância dessa verba que será repassada para a Prefeitura Municipal que destinará o valor para a entidade. O valor total de 35 mil reais será utilizado para recolocação de parte do telhado do prédio localizado no distrito industrial, na região do Porto Seco, onde funcionará o entreposto. “Hoje ficou alinhavada de forma oficial a cedência de uma verba para terminar o nosso entreposto de mel. Esta verba está sendo economizada pela Câmara e é referente ao duodécimo. Nós pretendemos concluir toda a obra com esse valor e, a partir daí, colocar o entreposto da Associação para funcionar beneficiando toda a apicultura de Livramento. Agora nos falta cumprir os prazos para a entrega da documentação necessária para essa verba que será repassada pela Câmara para a Prefeitura, no dia 20 de julho, e nós pretendemos estar com a documentação pronta para não perder tempo. A expectativa é que o entreposto fique pronto até o mês de outubro se tudo correr dentro do que se espera para que assim a gente possa utilizar a estrutura já para a safra de primavera e verão”, disse o presidente.

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário