Após a venda de Iago, Inter deve ter disputa pela lateral esquerda

Uendel assume a vaga, mas terá em seu encalço os garotos Erik e Leonardo Borges

Dos 35 jogadores que integram a delegação do Inter em Atibaia um deles, em especial, chama a atenção: o lateral-esquerdo Erik. Aos 18 anos, o jogador foi convocado da equipe sub-20 para compor o elenco de Odair Hellmann.

Com a venda de Iago para o Augsburg, da Alemanha 1 por 10 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões), sendo que apenas metade disso ficará para o Inter —, Uendel passa a ser o novo lateral-esquerdo colorado. Enquanto o Inter ainda tenta uma reposição no mercado — com orçamento e opções limitados —, Erik surge como alternativa a Uendel.

Nas categorias de base, Erik é tido como um jogador de grande intensidade, com ótima qualidade técnica e com facilidade para atacar. Além disso, sempre foi destaque nas equipes pelo seu bom acabamento das jogadas, com cruzamentos ou finalizações. Ele tem no drible também uma de suas principais armas. Porém, ainda precisa evoluir técnica e taticamente na contenção. A tendência é que, demonstrando um bom desempenho a partir de Atibaia, ele seja inscrito na vaga deixada por Iago na Libertadores.

— É difícil prever ainda o que vai acontecer. Erik é um jovem, com muita personalidade. Mas o que temos feito nas categorias de base é acelerar o máximo possível a formação dos atletas — disse o diretor-executivo do Inter, Rodrigo Caetano.  — O nosso time sub-20 é formado por jogadores de 18 anos. O time sub-23, tem dois ou três atletas acima dos 20 anos. Se o jogador tem qualidade, personalidade, e boa condição física, não importa a idade que ele tem. Quando solicitado, vai dar conta do recado. O que espero é ver cada vez mais o Inter como um clube formador, como sempre foi — completou Caetano.

Além de Erik, mais um lateral-esquerdo das categorias de base integra a delegação em Atibaia: Leonardo Borges, 18 anos, e que atua pela equipe de aspirantes do Inter. Em um primeiro momento, a utilização de Zeca na lateral esquerda está descartada. A não ser em caso de necessidade extrema.

Caso não consiga contratar um novo lateral-esquerdo, seja da Série B ou algum jogador brasileiro que esteja no Exterior, Uendel seguirá como titular, mas tendo em seu encalço Erik e Leonardo Borges.

Fonte Gauchazh

Grupo Aplateia