Aneel aprova reajuste na conta de luz dos clientes da RGE Sul

Empresa atende 2,87 milhões de unidades consumidoras no Rio Grande do Sul.

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (11) reajuste na conta de luz dos consumidores atendidos pela RGE Sul Distribuidora, que engloba a RGE e a RGE Sul. Os aumentos médios para os clientes residenciais serão de 3,61% (área da RGE Sul) e de 6,19% (área da RGE).

As novas tarifas entram em vigor a partir do dia 19. No final do ano passado, o grupo CPFL Energia, que controla as duas distribuidoras de energia, anunciou a incorporação da RGE pela RGE Sul. Com isso, a nova empresa passou a atender 65% de todo o território gaúcho. São 2,87 milhões de unidades em 381 municípios do Rio Grande do Sul, atendendo mais de
7 milhões de pessoas.

Cálculo levou custos em consideração

A Aneel informou que, ao calcular o reajuste conforme estabelecido no contrato de concessão, considerou a variação de custos associados à prestação do serviço. Pesou no reajuste da RGE Sul, principalmente, os gastos com aquisição de energia e dos componentes financeiros relacionados à compra de energia do último processo tarifário.

Também foi aprovada pela Aneel uma revisão nas regras que tratam das penalidades a serem aplicadas às empresas do setor. A nova resolução determina prazo de 10 dias para apresentação de recursos por parte dos agentes. Já o pagamento da multa deve ocorrer no prazo de até 20 dias, contados do primeiro dia útil após o recebimento da notificação.

Fonte: GaúchaZH

Foto: Internet

Grupo Aplateia