MTG realizará Enart Mirim e Juvenil

Evento organizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho irá acontecer na cidade de Soledade. Vários santanenses estarão participando do encontro

O Movimento Tradicionalista Gaúcho realizará, de 14 a 16 de junho, em Soledade, na 14ª Região Tradicionalista, a primeira edição do Enart (Encontro de Artes e Tradições Gaúchos) Mirim e Juvenil. Segundo o presidente da entidade, Nairo Callegaro, serão 11 palcos, contemplando as modalidades pré-mirim, mirim, juvenil, dança de salão, intérprete vocal, declamação, chula e gaita. Todos os grupos da pré-mirim receberão troféu de participação, pois, nesta categoria não haverá avaliação.

Julia Menzes e Márcio Furtado, dupla do CTG Rincão da Carolina participará do Enat Mirim(Foto: Matias Moura/AP)

Livramento estará participando do evento com representantes de diversas entidades, entre eles o peão Marcio Felipe Rubim Furtado de 17 anos, e a prenda Julia Ortiz Alves Menezes 11 anos que irão concorrer na modalidade de interprete solista vocal.
Segundo Julia, que já possui várias premiações em festivais de música e é fã da cantora Analise Severo, atual apresentadora do programa Galpão Crioulo da RBS TV, a participação no Enart será uma grande oportunidade para demostrar tudo o que ela aprendeu durante as suas aulas de canto. “Amo cantar, comecei a fazer as aulas porque tinha muito vergonha e timidez e aos poucos fui pegando o gosto pela música. Hoje é uma coisa que amo fazer”. Para a competição, a intérprete estará levando três composições, “Retratos para meus pelegos”, “Lá pro Quinto Distrito” e “Entre Flores e Andorinhas”.
Admirador da música gaúcha, Márcio conta que começou a tocar violão aos 13 anos e as suas referências são cantores e músicos santanenses, além do cantor Wilson Paim, destacado interprete dos festivais nativistas. “Canto também desde essa época, dos festivais e concursos aqui do município, já participei de quase todos. Lá para o ENART separei três músicas: “Estampa Domingueira”, “Virtudes Vazias” e “Quando a Bota Encontra o Estribo”. Sobre as minhas influências no violão, ressalto meu professor, Cristiano Cesarino, que sempre me deu o maior apoio e incentivo” disse.

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário