Traficante morre no Rio após fuzil que usava explodir

Um traficante morreu neste domingo (21), no Hospital Penitenciário do Rio de Janeiro, após o seu próprio fuzil explodir. Segundo o portal G1, César Augusto de Araújo, de 30 anos, conhecido como PQD, manuseava a arma quando foi ferido por estilhaços no pulmão e abdômen.

Segunda a publicação, a explosão ocorreu no Chapadão, onde PQD era apontado como chefe do tráfico. À polícia, o criminoso afirmou ter sofrido um “acidente de trabalho”.

As informações foram confirmadas pela polícia na quinta-feira (18), após denúncia de que um traficante teria dado entrada em um hospital na Baixada Fluminense. PQD estava em uma unidade particular em São João de Meriti.

Fonte: Gauchazh

Grupo Aplateia