Plano conjunto debate ações de fortalecimento da implantação de consórcios públicos nos municípios

Para Lorenzoni, consórcios são um mecanismo de trabalho para o Estado, que podem ser úteis para a gestão municipal e estadual – Foto: Divulgação SAAM
Para Lorenzoni, consórcios são um mecanismo de trabalho para o Estado, que podem ser úteis para a gestão municipal e estadual – Foto: Divulgação SAAM

Para promover o desenvolvimento econômico e social dos municípios e retomar o potencial do Rio Grande do Sul, o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Rodrigo Lorenzoni, reuniu-se nessa quarta-feira (13) com o presidente da Associação Gaúcha de Consórcios Públicos (Agconp) e prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, e um grupo de integrantes da entidade para debater ações de fortalecimento da implantação dos consórcios públicos nos municípios.

Para Rodrigo Lorenzoni, os consórcios são um mecanismo de trabalho para o Estado, que podem ser úteis para a gestão tanto em âmbito municipal como estadual. “Neste governo queremos dar espaço para que os consórcios nos ajudem a impulsionar a produtividade e retomar a eficiência em áreas básicas como saúde e segurança”, afirmou.

O presidente da Agconp sugeriu a ampla atuação do setor em diferentes áreas, visto que a prestação de serviço via consórcios na área da saúde já está mais consolidada do que em outras, como segurança, iluminação e turismo. “Podemos expandir o trabalho dos consórcios para fomentar regiões turísticas e trabalhar o desenvolvimento com este tipo de promoção”, sugeriu.

Para a elaboração de um plano conjunto de trabalho, Lorenzoni propôs reuniões a cada dois meses para fortalecer e consolidar a experiência com consórcios públicos. “Além de ser uma ferramenta de gestão, podemos pensar e executar ações de forma regionalizada, fator muito tratado pela agenda do governador e presente na Secretaria de Articulação”, ressaltou.

Grupo Aplateia