Alegrete – Princípio de tumulto no Presídio após apenado tentar “pescar” pacote arremessado na tela

Na tarde desta quinta-feira (07), a guarda externa do Presídio Estadual de Alegrete conteve um princípio de tumulto ocorrido no pátio. Tudo começou quando por volta das 15h40min da tarde, houve um arremesso de pacote, que ficou preso na tela. Um dos presos tentou “pescar” o objeto. Ao ver a ação do apenado, a guarda externa usou tiro antimotim e granada de efeito moral. No momento haviam cerca de 80 apenados no pátio, no banho de sol. Não houve feridos.

No pacote haviam carregadores, baterias e cabo USB. Dois apenados foram conduzidos para fazer o registro. A pessoa que fez o arremesso não foi vista.Tiros foram ouvidos, nesta tarde, em tumulto no Presídio de Alegrete .Vizinhos estão preocupados. Internautas registraram imagens. O EQ fez uma primeira live.

Segundo informações de agentes do Presídio, dois arremessos de garrafas pets não tiveram êxito. O Presídio agora está com cercadura em todo o prédio, para evitar que drogas, celulares e outros equipamentos sejam arremessados com êxito desde a rua e arredores.

Nas tais garrafas interceptadas, foram encontrados apenas eletrônicos avariados. Os agentes que atuam no setor de segurança do Presídio, acreditam que o arremesso foi para testar o novo sistema de blindagem do prédio. O tumulto, que fez a BM intervir com tiros anti motim, foi entre detentos, e que foi controlado rapidamente.

Por outro lado, foi confirmado que o apenado Douglas Safons, levou uma surra, com planchaços de estoque, dentro do Presídio, nesta quarta-feira. Ele foi retirado do local e levado para a Santa Casa de Caridade, mas não os ferimentos não teriam sido graves, segundo um agente. Ele foi preso na noite anterior, depois de ter assassinado o homem conhecido por Renatinho, que já tinha passagens pela Polícia, em crime acontecido no bairro Vila Grande.

 

Fonte : Jornal em Questão

Grupo Aplateia