Prefeito antecipa retorno para Mari não assumir Prefeitura

A vice-prefeita Mari Machado (PSB) confirmou no fim da tarde desta quarta-feira (06) que foi informada que não assumiria o cargo de prefeita em exercício de Sant’Ana do Livramento na quinta (07). O presidente da Câmara, vereador Maurício Galo del Fabro (PSDB), transmitiria o cargo à segunda autoridade do Município – que volta de suas férias – porém Mari foi informada que o prefeito Ico Charopen (PDT) estaria retornando dos seus da praia para reassumir o posto.

“Fui informada agora à tarde que foram buscar o prefeito para que eu não assumisse. Não tenho outra palavra a não ser a palavra ridículos. Eu estou abismada, para não dizer indignada, porque eu tenho mandato. Eu recebi várias mensagens das pessoas no dia de hoje sobre a expectativa de que eu estaria à frente da Prefeitura”, contou Mari.

Segundo a vice-prefeita, existe uma ordem de serviço na Prefeitura, que determina que ninguém pode tirar menos que 10 dias de férias. “Queria saber se essa ordem de serviço é só para mim”, questionou.

Mari também fez questionamentos direcionados à Administração que não faz mais parte. “Como é que vão fazer para que não seja mais vice? Eu fico curiosa. Será que há alguma coisa que eu não possa saber, que não possa vir a público. Eu suponho que tudo deva ser transparente”, afirmou.

Durante o programa Conversa de Fim de Tarde, Mari Machado lembrou que desde março do ano passado foi afastada da Administração, porém lembrou a importância dos papéis dela e do PSB, na campanha que os elegeu. “O prefeito não é meu patrão, não é meu chefe. Ele foi eleito pelo mandato eletivo, assim como eu”, lembrou.

Mari lamentou não poder assumir e revelou algumas demandas que se dedicaria nestes dias à frente do Executivo. “Queria e ainda quero saber porque os professores da Oscip não receberam ainda. As contas da Prefeitura elas são abertas. Todos recebem os seus salários a partir dos impostos dos contribuintes”, frisou.

Foto: Marcelo Pinto/AP

Grupo Aplateia