Francisco Dias, o modelo da nova safra de árbitros locais no cenário gaúcho

Árbitro está no quadro de arbitragem da FGF desde 2012

Muitos santanenses se surpreenderam ao ver um rosto conhecido pela TV na transmissão do jogo de quinta-feira entre Grêmio e São Luiz pelo Campeonato Gaúcho. O santanense Francisco Soares Dias, 32 anos, foi o quarto árbitro da partida apitada pelo consagrado Leandro Vuaden. A presença do santanense num jogo da elite do futebol gaúcho, porém não é nenhuma novidade para a nova safra de árbitros locais no cenário do futebol gaúcho, onde ele é o principal representante. Qualificado no quadro da FGF como categoria B, Chico, como é conhecido em Livramento, está lotado na delegacia de Porto Alegre é integra a equipe que vai trabalhar no Campeonato Estadual. Ele alias, já havia trabalhado antes de quinta-feira, pois na segunda rodada foi escalado também como quarto árbitro na partida entre Juventude e São José no Estádio Alfredo Jaconi. O árbitro foi Douglas Schwengber da Silva.

Profissionais

Arbitragem de Livramento no quadro da Federação Gaúcha. Além dele também estão Wagner Silveira Echevarria, 32 anos, Dakimalo Garra Gomes, 26 anos, e Luiz Paulo Duarte, 31 anos. Considerada a segunda geração de árbitros federação, Danilo da Fontoura e Anderson Echevarria foram os pioneiros, o atual quarteto se destaca pela postura com que encaram a atividade. Se para a legislação a função árbitro de futebol é ainda amadora, para atuais representantes de Livramento no cenário o profissionalismo impera. Todos tem formação acadêmica, Wagner, Chico e Luiz Paulo são formados em educação física e Dakimalo está cursando administração na Unipampa, curso de qualificação em futebol e futsal e estudos constantes sobre regras inovações na arbitragem. Fora a qualificação teórica o quarteto tem rotina de atletas, com treinos semanais para manter a forma e simular testes físicos para quando estarem aptos aos temíveis testes aplicados a cada seis meses FGF. Os do primeiros semestre foram aplicados entre 16 e 18 de janeiro e todos os quatro santanenses foram aprovados. Mais do que companheiros na arbitragem, os santanenses são parceiros na vida pessoal e trabalham junto para crescerem e representar cada vez melhor a cidade no cenário gaúcho.

Quarteto santanense que hoje integra o quadro da Federação Gaúcha de Futebol

Trajetória

Francisco Dias surgiu no esporte santanense como goleiro revelado nas escolinhas da cidade. Chegou a ser um goleiro promissor e aos 14 anos se transferiu para o Vasco da Gama e defendeu a Seleção Brasileira Sub 15. Como profissional ele defendeu a Ulbra e o 14 de Julho, entre outros clubes, mas de volta a Livramento ele encerrou carreira e chegou a se aventurar na função de treinador de goleiro. A arbitragem foi seu próximo caminho no esporte e desde 2012, quando entrou para o quadro da FGF, é encarada como uma das prioridades pessoais. Francisco Dias hoje é árbitro da categoria B e o objetivo é manter o crescimento e atingir categoria A, onde estão os melhores e mais requisitados árbitros do futebol gaúcho.

Grupo Aplateia