Moradores da Belizária fazem duro desabafo e Prefeitura alega “burocracia” para resolver problemas

Após a forte chuva desde domingo, 13, Prefeito e secretários, e também vereadores, visitaram a galeria do Beco da Belizária que desabou há meses e que continua acarretando problemas para a comunidade a cada período de chuva.

Neste domingo a galeria transbordou e trouxe sérios danos para as casas dos moradores. A água invadiu as residências, destruiu móveis e deixou os moradores com os ‘nervos à flor da pele’. Durante a semana o local foi visitado por técnicos da RGE Sul e Prefeitura, contudo, apenas a RGE pode agir e resolveu concretar a base de um poste de luz com transformador que fica exatamente ao lado da galeria que desabou há meses.

Acontece que o cimento colocado para segurar o poste escorreu e acabou obstruindo ainda mais a passagem da água pela galeria. Com a chuva deste final de semana o caso piorou e a força da água destruiu ainda mais o local e invadiu as casas. O problema foi redobrado para os moradores.

O Problema é grave e exigirá uma avaliação ainda mais técnica. Vereadores que visitaram o local exigiram providencias do Executivo para uma solução mais ativa e eficiente do Poder Público.

O Prefeito Ico Charopen disse que o caso está sendo acompanhado, mas como a obra é mantida por verba da Defesa Civil, o jeito é esperar que o tempo melhore para que a empresa contratada possa trabalhar. O prefeito disse que nada pode fazer no local senão esperar para que, assim, a verba não seja perdida, “Não para de chover, a culpa não é nossa” disse o prefeito perguntado sobre o caso.  Poder Público fará uma ação paliativa para tentar amenizar o problema enquanto a empresa contratada ainda não começa a obra.

Para tentar sanar o caso, a Prefeitura quebrou parte da laje no local dentro do Beco com o fim de dar maior vasão para a água da chuva que passa pela galeria.

Em protesto, os moradores montaram uma barricada para impedir o fluxo do trânsito e chamar a atenção da comunidade. Barricadas que foram arrancadas com a chuva foram reutilizadas pelos moradores.

Moradores cobraram uma palavra séria da prefeitura e atitude do Prefeito. A comunidade sofre há anos com o local e depois do desabamento da galeria o caso piorou ainda mais.

A noite continuou com o trabalho dos servidores municipais para tentar sanar o problema até que a empresa contratada possa começar o serviço de recuperação do local que desabou. A Expectativa dos moradores é de como será esta obra e do seu resultado final para que o problema não venha a se repetir.

Fotos de Fabian Ribeiro / Márcio Biscarra E Marcelo Pinto – Grupo A Plateia

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário