Ministério Público investiga caso sobre o Cine Colombo

Comissão será formada para investigar aparecimento de composto de agrotóxico em plantas na região urbana do município

Nesta semana foi anunciado pelo Portal da Prefeitura de Santana do Livramento que o Prefeito Solimar Ico Charopen Gonçalves, sancionou através da aprovação da Câmara de Vereadores, a exclusão do imóvel localizado na Rua dos Andradas nº 611 (antigo Cinema Colombo) do Inventário do Patrimônio Cultural do Município, para que seja realizado um investimento no local.
Até o momento o que se sabe é que um investidor de fora do estado comprou o lugar enquanto pertencia ao inventário e agora, com a provação da Lei, irá construir um prédio para abrigar repartições públicas e lojas comerciais. O atual presidente do Legislativo, Gallo del Fabro, foi um dos que apoiaram esta idéia juntamente com o vereador Germano Camacho. Mesmo com parecer contrário do Conselho de Arquitetos da cidade e de orientação do Plano Diretor o projeto foi aprovado por maioria na Câmara de Vereadores.
Ocorre que em dezembro de 2018 o Ministério Público Estadual instaurou abertura de Inquérito Civil por meio da portaria 01612.000.394/2018 com o objetivo de apurar possíveis irregularidades envolvendo a retirada do imóvel do Cine Colombo do Inventário do Patrimônio Cultural que também integra do Plano Diretor Participativo do Município, conforme Lei complementar 45/2006. O Investigado é o Município de Santana do Livramento.
Segundo informações da Promotoria de Livramento, o caso está sendo apurado. Esta semana aconteceu uma reunião com o Promotor e pessoas ligadas à Defesa do Patrimônio Cultural e há também a informação de que a Prefeitura já foi notificada para prestar informações sobre o caso.

Grupo de arquitetos defende que parte da estrutura seja preservada em projeto que prevê a construção de um prédio comercial no local

Grupo Aplateia

Anúncios