Operação da PF mira organização criminosa do RS que enviava drogas ao Uruguai

Operação cumpre mandados em Santa Vitória do Palmar, Chuí e Rio Grande | Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (13/11) a Operação Strike, para desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas no extremo sul do país. Cerca de 60 policiais federais cumprem 14 mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, nas cidades de Santa Vitória do Palmar, Chuí e Rio Grande.

A PF identificou que o grupo criminoso era coordenado a partir de estabelecimentos prisionais em Pelotas e Montenegro/RS. Os demais integrantes estavam baseados nas cidades de Chuí, Santa Vitória do Palmar, Rio Grande e na cidade uruguaia do Chuy.

A organização criminosa era uma das principais responsáveis pela remessa de grandes carregamentos de entorpecentes para o Uruguai e está diretamente envolvida com a guerra pelo controle do tráfico de drogas na região, que vitimou mais de 20 pessoas nos últimos 16 meses nas cidades fronteiriças do Chuí (Brasil) e Chuy (Uruguai).

Durante as investigações, iniciadas em dezembro de 2017, foram efetuadas dez prisões em flagrante, resultando na apreensão de 1,3 toneladas de droga, veículos clonados, armas e munições, causando desfalque de mais de R$ 5 milhões ao grupo criminoso.

Postado por Matias Moura

Grupo Aplateia