Festival da Fronteira promoveu mateada no Parque Internacional

Trabalhos concorrem a prêmios em diversas categorias

O Festival Internacional de Cinema da Fronteira chega a sua décima edição cumprindo seu caráter internacional. Comemorando sua primeira década de existência, o evento acontece de 27 de novembro a 2 de dezembro, nas cidades de Bagé, Santana do Livramento e Rivera. Para mobilizar os realizadores de audiovisual, de ambos os lados da linha divisória, foi realizada a Mateada de Cinema, que marcou o lançamento das atividades do Festival naquelas cidades. O encontro gratuito e aberto ao público aconteceu no dia 8 de novembro, quinta–feira, no Parque Internacional.

O organizador do Festival Zeca Brito confirmou que a etapa se iniciará em Livramento e Rivera nos dias 27 e 28 de novembro e o corpo de jurados estará na cidade, além de cineastas, professores, jornalistas e produtores. Até o momento cerca de cinco mil trabalhos já foram inscritos no site do Festival.

Angélica Rodrigues, natural da Fronteira, produtora cultural há mais de 10 anos também participou da roda de chimarrão e destacou a importância de Festivais como este que se tornam uma vitrine para novos profissionais, além de valorizar a cultura. Angélica foi uma das responsáveis por implementar o projeto Fronteira Cristiva, juntamente com a Amanda Ziani e revelou que era um sonho trazer este festival para a fronteira. Angélica ainda adiantou que este será um passo importante para fortalecer projetos para 2019, como a criação de um corredor cultural, um festival de música de rua, uma festa literária e outros que farão parte de um calendário de atividades.

Também participaram professores, como o técnico Ricardo Linhares de São Borga, lideranças da universidade e produtores culturais da região.

Inscrições e premiação

Quem cumprir os critérios do regulamento pode inscrever sua produção até o dia 14 de novembro, às 12h. Estão aptas a ser submetidas peças audiovisuais (Vídeo institucional, reportagem jornalística e vinheta) e cinematográficas (ficção e documentário), com premiação de até R$ 1.000,00 por categoria, além de troféu e certificado de participação emitido pela Pró–Reitoria de Extensão e Cultura (Proext) da Unipampa.

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário