Grupo Santanense de Cavalgadas chega a Livramento trazendo a centelha da Chama Crioula

Na manhã de sexta-feira (14), na Praça General Osório,  gaúchos esperam a chama para dar início a Semana Farroupilha de 2018

Na manhã desta quinta-feira (13), a reportagem esteve acompanhando a chegada do Grupo Santanense de Cavalgadas em Santana do Livramento. Depois de 15 dias de cavalgada e 672 quilômetros percorridos, o Grupo chega ao município trazendo uma centelha da Chama Crioula que foi acesa em Iraí, no norte do Estado, na divisa com Santa Catarina.

A partir de amanhã (14), após as entidades tradicionalistas acenderem uma centelha da chama crioula na Praça General Osório e levarem para os galpões é decretado aberta as festividades da Semana Farroupilha de 2018 que prossegue até dia 20 de setembro com o tradicional desfile dos gaúchos.

“A cavalgada foi muito gratificante, no começo pegamos cinco dias de chuva, mas depois o tempo nos ajudou. Estamos chegando em Livramento já com saudade do pessoal e da nossa terra. É um orgulho muito grande em trazer essa chama de Iraí “, destaca Sérgio Prestes, integrante do grupo de cavalgadas.

Vilmar diz que o amor pelo cavalo e o culto à tradição gaúcha está no coração de cada um. “Estou fechando neste ano 20 anos de cavalgada, sempre no lombo do cavalo, pegamos dias de frio e de chuva, mas foi gratificante para todos pelo companheirismo, nas horas de dificuldades todos se ajudaram, muito bom esses 15 dias”, comenta Vilmar Silveira.

Além da cavalgada, os tradicionalistas em cada parada também reforçam a ferradura dos cavalos para seguir viagem e fazem um regional para alegrar os participantes. “A gente para, revisa os cavalos para ver se está tudo bem, se tem que trocar alguma ferradura a gente troca, tem o jogo de truco e algum gaitaço. O pessoal se junta e fizemos a festa na residência de quem nos recebe”, diz José Ferrão, presidente do grupo de cavalgadas.

Texto: Lauren Trindade

Fotos: Marcelo Pinto.

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário