Senac leva curso de qualificação criado em Livramento para outras unidades

Profissionais, amigos e familiares de pessoas com o Transtorno do Espectro Autista – TEA em Uruguaiana e municípios vizinhos começam a ter a mesma oportunidade de qualificação que já tem a comunidade santanense em uma atividade que exige cada vez maior e melhor preparação e conhecimento, que é a do acompanhamento, cuidado e tratamento de autista. O SENAC já está recebendo inscrições para um curso com 80 horas/aula de duração para “Formação de Monitores de Alunos com TEA”, que será realizado na unidade do SENAC Educação em Uruguaiana a partir do dia 4 de setembro.
O curso terá como base o projeto implantado no SENAC de Livramento no ano passado, com plano de ensino elaborado pela psicopedagoga santanense Luciana Viecelli, especializada em dislexia e transtornos do desenvolvimento, a pedido do vereador Carlos Nilo, que atua na formação e apoio de grupos de pais e amigos de autistas e articulou junto ao SENAC a implantação do curso. O SENAC já realizou duas edições do curso em Livramento e agora começa a oferecer essa qualificação em outras unidades, conforme informou ao próprio vereador Nilo a diretora do SENAC de Uruguaiana, Paula Machado.
“Foi uma grande alegria receber o convite da diretora Paula para participar da aula inaugural do curso em Uruguaiana, especialmente porque essa expansão do curso que formação de cuidadores de pessoas com TEA sempre foi o propósito, desde que sugerimos ao SENAC a criação desse instrumento de qualificação”, agradeceu Nilo. A ideia é que o SENAC inclua definitivamente o curso de formação de cuidadores de pessoas com TEA em sua carteira de cursos em todas as unidades no País.
“Estamos trabalhando em conjunto com as entidades que representam pais e amigos de autistas com o objetivo de criar e efetivar políticas públicas de inclusão e buscando a criação de programas que promovam e assegurem direitos às pessoas com TEA e seus familiares, e a qualificação de cuidadores é imprescindível nesse processo. Felizmente, encontramos no SENAC um parceiro sensível e comprometido nesta nossa caminhada”, destacou Nilo. O curso no SENAC de Uruguaiana tem como objetivo a formação de profissionais para desempenhar a função de monitoramento de alunos com TEA em ambiente escolar. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone (55) 3412.3838.

Grupo Aplateia