Operação da Brigada Militar combate venda irregular no centro da cidade – Grupo Aplateia

Operação da Brigada Militar combate venda irregular no centro da cidade

Na tarde desta quarta-feira (8), por volta das 16h, a Brigada Militar – POE, ROTAM, pelotão HIPO e Receita Federal realizaram uma operação no Centro Popular de Compras com o intuito de combater a venda irregular no centro de Santana do Livramento. Na ação, as mercadorias irregulares foram recolhidas e serão levadas nas viaturas da BM e no micro-ônibus até a Receita Federal. As mercadorias na maioria eram bolsas femininas, algumas mochilas e malas de viagem. Policiais continuam fazendo a segurança do local e aguardam o término da operação.

“Se for fiscalizar o comércio em Livramento, 90% dos comerciantes tem nota fiscal das mercadorias. Acredito que se for apresentado a nota, a Receita irá liberar os produtos. Maioria dos camelódromos, não só aqui na cidade, como em outras, tem nota das mercadorias”, destaca o Presidente da Associação dos Vendedores de Santana do Livramento.

Outros tipos de produtos como materiais eletrônicos: cafeteiras, fornos elétricos, aspiradores, micro-ondas, lava-jatos, receptores de televisão também foram retiradas do depósito localizado na Rua João Pessoa. Informações serão ampliadas pela Reportagem.

 

Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.

Grupo Aplateia

Adicionar Comentário