Palestra abordará o papel da imprensa no processo democrático

Na próxima terça-feira (3), às 19h, acontece no auditório do IFSul uma palestra com o jornalista Moisés Mendes que abordará o tema “A democratização da imprensa”. Conhecido por trabalhar no jornal Zero Hora e pela publicação do livro “Todos querem ser Mujica”.
A ação faz parte do ciclo de palestras criado para atender a demanda da comunidade que se interessa pelos aspectos políticos e sociais da Fronteira da Paz. Como decorrência do Seminário “Nas Fronteiras de Marx”, que ocorreu em maio nas cidades de Santana do Livramento e Rivera, as palestras ocorrem uma vez ao mês, previamente divulgados na página do Facebook.
No início de junho, marxismo e religião foram debatidos com o professor da Unipampa, Fábio Régio Bento. O evento de caráter permanente e mensal, é gratuito e aberto ao público, ocorre na primeira semana de cada mês, no auditório do IFSul, trazendo diferentes palestrantes e pontos para serem debatidos sobre a filosofia de Marx.

Quem é Moisés Mendes:

O jornalista, nascido em Rosário do Sul, teve sua iniciação jornalística no Jornal A Plateia, na década de 1970, período no qual relata perceber que se vivia sob uma ditadura feroz e o que isso significava. “Vou defender que os novos jornalistas irão reinventar uma imprensa mais democrática e plural, e que muitos projetos nesse sentido somente poderão sobreviver com suporte político. São ingênuos os que acreditam na independência e na neutralidade da imprensa”, comenta Moisés Mendes sobre o que será abordado no encontro de terça-feira (3).

Público que compareceu na palestra alusiva à filosofia de Marx (Foto: Divulgação)
Ciclo de palestra dá seguimento ao Seminário (Foto: Divulgação)

Por: redacao@jornalaplateia.com

Grupo Aplateia

1 comentário

  • Fronteira da Paz fazendo por merecer em realizações culturais que então justifiquem mais e mais o titulo de Cidade Símbolo do Mercosul. Parabéns pelas iniciativas.

Anúncios