Seminário ‘Nas Fronteiras de Marx: Contrabandeando Ideias’

Evento conta com inúmeras atividades no Parque Internacional

Na última semana, o evento alusivo ao bicentenário de Karl Marx trouxe temáticas que abordaram sua filosofia e análises, as quais foram expostas e debatidas com o público presente. O seminário ‘Nas Fronteias de Marx: Contrabandeando Ideias’ contou com um grande número de pessoas.
Palestrantes como Eliezer Pacheco, ex-secretário do Ministério da Educação da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão (MCTI) e Selva Chirico, educadora e pesquisadora uruguaia que se dedicou a investigar o processo histórico da Fronteira Livramento e Rivera, marcaram presença no evento que aconteceu nas cidades irmãs, diversificando tanto nos locais onde ocorrem as palestra e debates, como também nas atividades realizadas na semana com intervenções artísticas, músicas e rodas de conversa.
Hoje, 12 de maio, está marcado o encerramento do evento. A comissão organizadora convida a comunidade para comparecer no último dia de atividades do Seminário, que acontece no Parque Internacional. As atividades estão marcadas para 10h com uma aula pública com o professor e pesquisador Oneider de Souza, o qual fará o relato da chacina do Comitê Binacional.
Acontece às 12h, a criação do Comitê Binacional em prol da construção de um monumento aos comunistas chacinados no Parque Internacional em 1950. Durante a tarde, haverá exposição de varal com poesias e protestos, sorteio de brindes, mateada, feira de livros e produtos, apresentações artísticas, músicas e uma roda de conversa com perseguidos pela Ditadura Militar. Para finalizar, às 21h, na sede do Frente Amplio, em Rivera, acontece uma confraternização.

Comissão organizadora com Eliezer Pacheco que palestrou sobre a pedagogia marxista. Créditos

Grupo Aplateia

Comentários

Anúncios