Mais de trinta homens participam de operação contra a venda de carne irregular

Mais de duas toneladas de mercadorias foram apreendidas durante o dia de operação

A Brigada Militar deflagrou na manhã de sexta (11) uma grande operação para verificar 24 pontos de venda de carnes na cidade, entre açougues e mercados. O objetivo era prestar apoio à Vigilância Sanitária no combate à venda de carnes e produtos em condições inadequadas e oriundas de abigeato. No total foram apreendidas mais de duas toneladas de produtos. O tenente Coronel Otero esteve à frente da operação.
Os locais onde foram feitas as apreensões ficam na Rua Sérgio Fuentes, próximo ao trevo de acesso a vila Santa Rosa e outro na Rua João Manoel, entre as ruas 13 de maio e Salgado Filho. O material recolhido foi levado para Cruzeiro do Sul, onde a carne passará por uma triagem e poderá ser usada para a confecção de ração animal.
“Foram mais de 30 homens e mais de 10 viaturas, além de cinco motos nas ruas, com o intuito de combater o abigeato e a venda de carne clandestina e a carne sem condições para o consumo. Fiscalizamos mais de 24 locais onde o pessoal vende carne, então Brigada juntamente com a Saúde e Agricultura fizeram a fiscalização de carnes que não tinham procedência. Tiveram êxito na localidade do Prado, onde um cidadão foi conduzido até a delegacia”, disse o Comandante Coronel Otero.
O comerciante Francisco José Pires disse que “Toda fiscalização é bem-vinda, até mesmo porque fica desparelho para quem faz as coisas certas, o que eu estou achando errado é que eles saíram para fiscalizar 23 estabelecimentos e eu estou desde as 9h30min sem vender, me desculpando com os clientes, sendo que tenho os alvarás, tem tudo aqui, e tenho que estar me desculpando com os clientes até chegar a fiscalização da prefeitura”. No estabelecimento também foram recolhidas mercadorias.

Mais de duas toneladas de carnes foram apreendidas

Ação começou logo cedo da manhã de ontem
24 locais foram fiscalizados com apoio da BM

Grupo Aplateia